Review 7×08: Antes, Depois

 Review 7×08: Antes, Depois

Eu já quero começar o review com um comentário muito importante: YO-YO IS BACK!!!
Tá que até ela estar de volta levou um tempo e todo contexto do episódio, mas ok, vamos lá.
O episódio 7 é tão dispensável que nem foi mencionado no “Previously on Marvel’s Agents of SHIELD“, rs.

O episódio “After, Before” começa de onde o episódio 7×06 havia terminado: Mack saindo da nave e Deke indo atrás dele. Com a diferença que, neste episódio, nós acompanhamos o que aconteceu na Zephyr. Depois disso, quando Mack e Deke retornam, vemos todos reunidos (menos Fitz) e Jemma explica que os saltos tem sido em espaços de tempo cada vez menores, o que significa que enquanto “no mundo real” o tempo passa, para eles, é como se fossem apenas segundos (inclusive tem uma troca de cena muito boa disso, entre Jemma e Sousa).


Depois de comentarem sobre o problema com o dispositivo do Tempo, Daisy aparece sugerindo que vão atrás de sua mãe, Jiaying, já que ela era especialista em questão de poderes inumanos e talvez pudesse ajudar a Yo-Yo, trazer seus poderes de volta.


Jiaying tenta ajudar YoYo, para que posteriormente pudesse ajudar sua filha (até então desconhecida), Kora, que estava com problemas para lidar com seus super poderes (assim como Skye era, logo que os ganhou).


Depois de descobrirem que era uma questão emocional, e não física, Jiaying sugere que May a ajude, já que consegue sentir os seus sentimentos (o que gera umas cenas hilárias entre as duas!), Mas também descobrimos o porquê da YoYo não estar usando seus poderes. Ela estava se culpando demais sobre ter tomado algumas decisões erradas, como por exemplo, a morte da Ruby.

Enquanto tudo isso está acontecendo no Afterlife, os agentes da Zephyr estão meio sem esperanças, tendo pequenas conversas entre eles, mas arrumando tudo, caso a Yo-Yo não consiga retomar seus poderes e todos precisem saltar da nave de paraquedas (Jemma, que cena perfeita com o Sousa 😂). Além disso, tem uma cena de partir o coração, com Jemma gravando uma mensagem para Fitz.



Depois de uma revolta de Kora, onde ela destroi o quarto que estava no Afterlife, rouba uma arma e está prestes a se matar, Nathaniel aparece usando os poderes iguais aos da Tremor, e faz aquele “discurso do mal”, fazendo com que ela se junte a ele. Juntos, eles atacam o Afterlife, e May e YoYo saem de lá, salvando Jiaying e Gordon, mas fazendo com que outros inumanos fossem capturados por eles.

Depois de voltarem a Zephyr, Yo-Yo percebe que o princípio do seu poder estava errado, e ela não necessariamente precisa voltar sempre para um mesmo lugar, o que fez com que ela conseguisse tirar uma peça do dispositivo do tempo e salvasse a equipe (pelo menos, era o que todos tinham achado, até que Deke e Enoch perceberam que havia um novo problema).


O que achamos:

MEU DEUS a qualidade dessa temporada está ABSURDA. Não é à toa que todo elenco dizia isso, a gente só precisava ver para crer!


Depois da “decepção” que tivemos com o episódio do Mack e Deke por não dar muita continuidade na história, esse episódio voltou com tudo, trazendo várias referências a temporadas passadas e explicações que não sabíamos que precisava, assim como a história da Yo-Yo.


Foi muito legal ver a Jiaying novamente, mesmo não gostando tanto da personagem (ok, talvez o ranço tenha diminuído um pouco depois desse episódio). A forma como a trouxeram para a história, coube perfeitamente no contexto do episódio. É isso que eu espero: que a gente reveja personagens antigos, sim, mas desde que tenha sentido para a proposta da temporada, queremos um fan service bem feito, que traga sentido para a história que estão contando.

Outro ponto a comentar são os efeitos especiais. Quase todo episódio temos cenas incríveis, da Zephyr, por exemplo. Mas esse episódio teve 2 cenas que me chamaram muita atenção. A primeira, foi quando May e Yo-Yo estavam no Quinjet indo para Afterlife e tem uma cena muito bonita onde a Zephyr salta no tempo.



Outra cena incrível é quando Yo-Yo retorna seus poderes e vai até o dispositivo para tentar ajudar a equipe. Todas as cenas da Yo-Yo sendo Yo-Yo sempre foram incríveis.

Nossa nota: 9

Para a próxima semana, teremos um episódio em loop, onde Daisy irá viver a mesma cena diversas vezes. Episódio este, dirigido por Elizabeth Henstridge, nossa querida Jemma Simmons.


Veja também